Foodie

Quero um EARLY Cedofeita em Lisboa ou o melhor PÃO que já comi.

Adoro passear por Portugal! Claro que também quero conhecer o mundo, mas Portugal tem aquele encanto… E fui mais uma vez para o Porto.

Como o check-in era só às 15h00 decidimos ir dar uma volta e comer qualquer coisita. Eu, que já tinha um mapa e mil planos, vi que estávamos bem perto que alguns lugares onde podíamos petiscar.

Problemas:
1 Estava a chover e um frio daqueles!
2 Estava tudo cheio.

Até que vejo no meu mapa o Early Cedofeita, que estava marcado porque achei que tinha bom aspeto. Estava agradavelmente pouco cheio, nem pensámos duas vezes. Aí fomos nós ao brunch.

Foi uma aposta mais do que certeira porque AMEI tudo!

A decoração simples, com um ambiente muito ligado à natureza, plantas, madeira, uma ementa pequena como eu gosto (também são assim? muitas opções deixam-me confusa!) e o atendimento simpático e atencioso. Os preços? Depende do que escolherem, mas, para a qualidade, achei super em conta!

O que é que eu escolhi?

O pão do dia com ovos escalfados e tomates cherry com queijo feta. Para beber sumo de laranja. E que sumo de laranja delicioso e que ovos escalfados, mas acima de tudo…. oh que pão! Sabem quando o pão é tão bom que não precisa de mais nada? É isso que se passa aqui.

Os pães do Early são de levedura lenta e este especificamente era de centeio, costuma estar disponível às quintas-feiras.

Quem vier para Lisboa sabe o que me pode trazer, sim?

Continuando..Todos os dias há pães diferentes para irem provando, sendo que também provei o pão branco (claro que se gostei, voltei que eu sou dessas!) e nem foi preciso torrar porque tinha acabado de chegar e estava quentinho.

Para o pequeno almoço…

Há coisa melhor que pão acabadinho de fazer?

Nessa segunda visita bebi outro sumo de laranja, porque sou muito original! Também não resisti a um bolo que estava na montra. Era bolo de avelãs com um frosting de framboesas. Tãaao BOM!

Foram as minhas visitas ao Early, que me apaixonaram e me fazem querer que abra em Lisboa ou que eu volte ao Porto.

Comentários

%d bloggers like this: