bem-estar

Pomodoro e a pausa na Procrastinação

Pomodoro é tomate em italiano… e é impossível não pensar em pasta quando falamos desta técnica de produtividade!

Nos dias que passei em Évora no Carnaval, fui ao Museu do Relógio e estar entre tic tacs fez-me pensar em tempo. Por isso decidi incluir essa categoria no blog porque acho que a qualidade de vida também passa por termos mais tempo para o que gostamos e queremos fazer sem descurar o que temos de fazer.

Há livros, apps e vídeos a falar da Técnica Pomodoro e eu posso admitir que usava imenso nas épocas de frequências porque nunca fui muito fã de estudar. Deem-me trabalhos e projetos, mas… estudar? Please!! Foi uma colega que me falou desta técnica e eu, que na altura andava enterrada em livros, apresentações e apontamentos, pesquisei e decidi experimentar. Não, não comprei um timer-tomate, roubei o da cozinha mesmo.

Comecei por retirar as distrações óbvias da minha frente. Comando, computador, telemóvel, água e arrumei a mesa. Marquei 25 minutos e pensei “bem não deve ser assim tão difícil, passei uma vida a ter aulas de 45 e 90 minutos”. Inocente! Claro que não cheguei aos 25 minutos. Quando temos de estudar, qualquer coisa se torna mais interessante do que aquilo que temos realmente de fazer.


Para os curiosos como eu:

A técnica Pomodoro foi criada por Francesco Cirillo, que na faculdade tinha dificuldade em concentrar-se nos estudos (quem nunca?). Ao olhar para o relógio da cozinha em forma de tomate ele teve uma ideia brilhante!

Marcar 10 minutos sem pausas e sem distrações. 100% concentrado em estudar.

Depois de algumas tentativas e adaptações, criou o Ciclo Pomodoro.


E como funciona o Ciclo Pomodoro?

25 minutos de concentração, que vamos chamar de pomodoros, com 5 minutos de intervalo entre eles e a cada 3 pomodoros fazemos um intervalo mais generoso, mas não mais do que 25 minutos.

ciclo pomodoro para estudar e não procrastinar

Não é instantâneo, mas quando insistimos torna-se super eficaz. Hoje em dia, existem apps (desde que consigam ficar longe do telemóvel) que fazem as contagens pomodoro com alarmes.

E que extras devem ter em conta para terem mais resultados?

– Coloca o telemóvel fora do alcance do braço;
– Antes de começar, faz tudo o que costumas fazer nas interrupções (wc, água, lanche…);
– Se gostas de estar em silêncio vai para um lugar sossegado e se gostas de música liga-a;

Basicamente, tenta ter o ambiente preparado para não teres de interromper os 25 minutos.

Agora que já conheces o Ciclo Pomodoro do que estás à espera? Vais experimentar? Partilha a tua experiência nos comentários e, se conheces alguém perito em procrastinação partilha este post com ele!

2 Comentários

  • Blogue Ela e Ele, Ele e Ela

    Não conhecíamos, mas ficámos muito tristes por não nos teres desafiado alguns anos mais cedo nesta temática ahah

    • elaemarta

      meus queridos, em breve vou contar como continuo a aplicar este método na minha rotina! eheh mesmo sem ser para estudar 🙂 vai valer a pena. Obrigada. beijinhoos

%d bloggers like this: